Sessão Ordinária de 31 de agosto de 2020

Ata da Sessão Ordinária realizada no dia 31 de agosto de 2020

No dia trinta e um de agosto de dois mil e vinte, no Salão Nobre Vereador José Francisco Xavier, nesta cidade de Comendador Levy Gasparian, realizou-se Sessão Ordinária, com início às dezoito horas e quarenta e cinco minutos. Havendo número legal, o Senhor Presidente deu por abertos os trabalhos, passando-se à leitura de trecho da Bíblia Sagrada e, na sequência, na ausência da Vereadora Cláudia Fantana, Primeira-Secretária, solicitou ao Vereador Valdir Jesus de Souza, Segundo-Secretário, que realizasse a leitura da Ata da reunião anterior, que, não havendo quem quisesse falar a respeito, foi aprovada por unanimidade. Prosseguindo, passou-se à leitura do Expediente, que constou de Indicações. Em seguida, passou-se às Pequenas Comunicações. Ocupou a Tribuna o Vereador Luimar Grossi, que iniciou seu discurso cumprimentando os munícipes que acompanhariam, pela plataforma de vídeos na Internet, o trabalho dos Legisladores na Casa, já que a gravação da Sessão Ordinária seria disponibilizada na referida rede de computadores. O Vereador lembrou que, no início do mandato do Senhor Prefeito, os Vereadores pediam incessantemente pela realização de serviço de limpeza pública em diversos pontos do Município e emendou que, por aproximadamente dois anos, os Legisladores apelaram diariamente ao Chefe do Executivo e a seus Secretários Municipais para que realizassem o referido serviço básico para beneficiar a população. O Vereador Luimar Grossi frisou que era fundamental que os gasparienses soubessem que os Legisladores solicitavam as melhorias necessárias para o Município e ressaltou que muitos desconheciam que a função do Vereador era fiscalizar os atos do Executivo, cabendo ao Senhor Prefeito o papel de realizar as benfeitorias. O Vereador externou que fora eleito para trabalhar em prol dos gasparienses, porém admitira que infelizmente era muito difícil realizar o trabalho de Legislador em Levy Gasparian. O Vereador declarou que, por escolha própria, não concorreria ao cargo na próxima eleição e aproveitou para pedir desculpas aos pares por não ter conseguido se adaptar ao sistema político do Município. O Vereador Luimar Grossi desejou sorte aos demais Legisladores que participariam da próxima eleição e, na sequência, registrou que já solicitara várias vezes serviço de instalação de quebra-molas na Rua Josefina Gasparian, no Centro. O Vereador relatou que atropelamento já ocorrera na referida via pública e acrescentou que, com a Indicação n.º 096/2020, solicitara novamente a referida melhoria para a mencionada rua do Centro. O Vereador comentou a Indicação n.º 095/2020, de sua autoria, na qual solicitara ao Executivo serviço de instalação de quebra-molas na Rua Mauro da Silva, no Loteamento Raio de Sol. O Vereador relatou que fora duramente cobrado por um morador da referida via pública e acrescentou que, apesar de compreender a insatisfação do referido munícipe, procurara explicar que o Legislador solicitava as melhorias, porém dependia da equipe do Executivo para realizá-las. O Vereador Luimar Grossi argumentou que, até o dia 31 de dezembro, se Deus assim o permitisse, realizaria seu trabalho, na tentativa de honrar os votos que recebera da população, porém declarou que era muito difícil conseguir melhorias para os gasparienses. O Vereador registrou que, desde o início de seu mandato, fizera inúmeras solicitações ao Executivo e frisou, para finalizar, que traria ao conhecimento dos munícipes, nas próximas Sessões Ordinárias, os seus pedidos que não foram atendidos pelo Senhor Prefeito. Na sequência, como não havia mais oradores inscritos para as Pequenas Comunicações, passou-se à Ordem do Dia, com a apreciação do Processo nº. 050/2020, Mensagem do Executivo n.º 016/2020, Projeto de Lei nº. 016/2020, que autoriza o parcelamento de débitos do Município de Comendador Levy Gasparian com a Light Serviços de Eletricidade S/A e dá outras providências. Após leitura dos Pareceres das Comissões e sua aprovação por unanimidade, foi também aprovado por unanimidade, em Primeira Votação, o Projeto de Lei. Em atendimento ao requerimento do Vereador Amilton Mendes Henrique, foi aprovada a dispensa de interstício, passando-se à Segunda Votação. Após a leitura de artigo por artigo do Projeto de Lei nº. 016/2020 o mesmo foi colocado em Votação, sendo aprovado por unanimidade. Como não havia outras matérias para serem apreciadas na Ordem do Dia, o Senhor Presidente colocou as Indicações em Discussão. O Vereador Carlos Alberto de Andrade Vasconcelos comentou que o asfaltamento das vias públicas era uma melhoria considerável no Loteamento Raio de Sol, porém lamentou que, com a melhora de qualidade das ruas depois do referido serviço, infelizmente muitos motoristas não respeitavam as leis de trânsito, trafegando em alta velocidade em uma área urbana. O Vereador ressaltou que cabia ao Executivo, depois de realizar a melhoria das vias públicas no referido bairro, efetuar medidas de sinalização e de garantia de segurança no trânsito e emendou que a instalação de quebra-molas era uma forma de educar os motoristas que desrespeitavam o limite de velocidade naquela área. O Vereador Carlos Alberto de Andrade Vasconcelos lembrou que, nos pontos de entrada e saída do Posto Rio Negro Júnior, existia a carência de medidas de segurança de trânsito e declarou que esperava que o Senhor Prefeito atendesse à solicitação do Vereador Luimar Grossi feita por meio da Indicação n.º 095/2020, na qual apontava a necessidade de colocação de quebra-molas na Rua Mauro da Silva, no Loteamento Raio de Sol. O Senhor Presidente, então, colocou as Indicações em Votação, sendo as mesmas aprovadas por unanimidade. Não havendo mais nada a tratar, o Senhor Presidente registrou a presença dos Vereadores Carlos Alberto de Andrade Vasconcelos, Valdir Jesus de Souza, Luimar Grossi, Amilton Mendes Henrique e Adriano Seixas Vasconcelos e da Vereadora Rosiléa Gama, encerrando a Sessão. Dos trabalhos, lavrou-se a presente Ata, que vai por mim, Primeira-Secretária, datada e assinada. Comendador Levy Gasparian, trinta e um de agosto de dois mil e vinte.

Este texto não substitui o assinado e arquivado nas dependências da Câmara. 

Skip to content